sábado, 6 de setembro de 2008

Mudinho



A galeria de ícones do surf não estaria completa sem o Mudinho.
o cara foi tão influente que numa época o surf era cheio de mudinhos.
Carlos, o nosso mudinho, é um dos melhores surfistas que eu vi no Brasil.
Até hoje é um ótimo longboarder, tive o prazer de vê-lo ganhar um campeonato na Macumba há poucos anos.
Quando a gente era garoto andávamos muito juntos, eu, ele e o Rico.
O mudinho era a maior figura, porque na verdade é surdo, fala muito e alto.
Uma vez perdemos um avião esperando o Rico.
Quando o Rico finalmente chegou, o Galeão velho ecoava com os urros do Mudinho, UTA QUI UARIU!, UTA QUI UARIU! E o Rico, rindo, gritava: cala a boca, mudinho!
O Rico adorava sacaneá-lo, tinha um prazer especial em vê-lo furioso.
Confesso que eu tb achava gozado.
Eu tinha uma paciência especial com ele, dizia que falava várias línguas, inclusive mudez.
Uma vez fiz a loucura de ficar em Imbituba com ele e outros mudos numa Vemaguete, que o Mudinho dirigia na maior velocidade, falando o tempo todo.
Só que surdo quando fala tem que olhar pro outro, então ele ficava falando e olhando pro lado, e eu apavorado dentro do carro, gritando!
Mudinho agora mora em Cabo Frio, dá aulas para surdos, shapeia e continua falando pra caramba!
Nas fotos, mudinho no Arpoador 1967 e na Macumba 2004.

2 comentários:

Dimitrios disse...

Cara o Mudinho era realmente uma figura. Foi outro cara que influenciou muito em meu surf e jeito de ser.e realmente era gozado quando diziamos que: "Falei com o Mudinho". Tive tb essas experiencias de estar no carro com ele e ele falndo pra cacete e chegava pra frente pra olharpra vc e isso tudo em alta velocidade!!!
O Mudinho foi um dos precursores do surf no nordeste sempre andava viajando pelas bandas de cá em certa feita disse a ele sobre uma recem descoberta praia no Rio Grande do Norte, Pipa, que eu tinha surfado lá altas ondas com o Ronaldo e o Felipe Dantas, disse pra ele ir lá que iria se amarrar. depois de um tempo passa o Mudinho lá em Salvador e queria muito falar comigo, quando eu o encontrei ele falava com aquele jeitão dele cosando a barba e repitia mil vezes: "Não conta pra Ninguem" disse-me ele que tinha vindo só para me dizer aquilo.

livio disse...

Aloha Carlos, nos conhecemos em uma onda na 2a laje eu com a minha hobie e voce com a barlanho francesa, nos chocamos na onda e depois tivemos uma briga na praia, depois tivemos muitas passagens e algumas surftrip, o considero parte de minha vida e quardo boas lembranças do amigo
abraços
Livio Bruni Junior