sexta-feira, 5 de setembro de 2008

Mário Bração



Mário foi pioneiro na fabricação de pranchas, e o primeiro cara a pegar onda na Prainha.
Ele, Persegue, Arduíno e Geraldo estavam na Macumba quando viram de longe o que poderia ser uma praia.
Arduíno já havia pescado lá, e resolveram ir de Land Rover por uma estradinha que passava pela ponte atual e continuava, subindo por um sitio, chegando na prainha por cima.
Mário e Persegue cairam primeiro, e pegaram uma onda juntos.
Durante longo tempo, chamaram a praia deLeprosário, praia dos Leprosos, para que ninguém fosse lá...

Quem começou a fazer pranchas foi o Arduíno, que fazia pranchas na garagem de uma casa em Ipanema. As pranchas eram de isopor.
Arduíno fez uma, Barriga fez outra, quando o Peter Troy veio, a primeira prancha de fibra que ele usou foi a do Arduíno, que delaminou na primeira onda, na Macumba.
Depois ele usou a do Barriga no Posto 6 de Copacabana, e deu um show.
depois da vista do Peter Troy, a rapaziada se empolgou e formaram dois times que competiam para ver quem fazia a melhor prancha de fibra nacional.
Eram o Persegue e o Mário por um lado, o Ciro e o Barriga por outro.
como na época usavam isopor (não havia ainda blocos de poliuretano), tinham que usar resina epoxy, mistura que ainda hoje, 40 anos de evolução de tecnologia depois, ainda dá a maior dor de cabeça.
Eu nem imagino como devem ter apanhado.
Não sei quem ganhou a corrida, mas tem gente que sabe e espero que em enviem a resposta.
Mário e o Cyro foram trabalhar pro Parreiras, na Surfboards São Conrado, depois fizeram pranchas na Repesca, depois Mário fez uma oficina em sua casa e produz as Aloha by Mário até hoje.
Mário, pra mim, é o mais refinado papo sobre cultura surf, pranchas, etc, um cara que deveria constar duplamente desta lista de ícones, porque ele é ícone pra caramba!

8 comentários:

leonardo trece disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
leonardo trece disse...

Kaneca gostei muito dos seus comentários, o Bração realmente é "o cara".
Só uma observação a marca não é Aloha by Mario e sim Aloha Mario.
Ele ainda continua shapeando.
Contato: mariobracao@hotmail.com
Um abraço,
Shila.

Anônimo disse...

Kaneca ,
Muito bom o seu site , e aideia genial de reservar um espaço para as lendas do surf Carioca e Brasileiro.
Hoje eu li sobre o Mario Bração, que eu admiro muito desde que o conheci aqui na pedra Bonita em São Conrado.
Surfa com muito estilo e é uma figura interessante e de muito valor para o nosso adorado esporte.
Aloha Mario !
Abraços,
Gui Gama

tania disse...

Gostaria de manter contato com o Mário, sou Wílliam Israel, filho do Marcelo Israel(laminador) que trabalhou com ele ,quando sua oficina ainda era no fundo da casa do Sr. Geraldo seu sogro, na Barra.Aguardo contato:Meu E-mail é:williammagalhaes.israel.gmail
meu tel é:3409-5100
Um abraço pro Pedro, Bizzi, Shila,srªBeatriz e Mário.

Guilherme Mesquita disse...

Mário Bração, sem dúvidas um dos melhores shapers que já existiu. fiz uma prancha com ele. por incrível que pareça, tenho essa prancha já a mais de 4 anos, isso mesmo, mais de 4 anos. as pranchas que ele faz são mágicas. tenho certeza que o surfe de qualquer um que surfe com pranchas feitas pelas mãos desse mestre irá melhorar 100 %. Total evolução. Me considero um cara de sorte por ter o prazer de surfar com uma prancha feita pelas mãos do Mário. Indico à todos que queiram uma prancha de qualidade de verdade.

Aloha, abraços!

Guilherme Mesquita.

guimesq@hotmail.com

Guilherme Mesquita disse...

Só uma correção: Um dos melhores shappers que EXISTE. hehehehe ALOHA

Anônimo disse...

SURFO A 41 ANOS E TIVE A SORTE DE TER 2 PRANCHÕES DO MARIO. UM DE 10 PÉS E OUTRO DE 8. ESSE DE 8 EU TENHO ATÉ HOJE E CONSIDERO A MELHOR DAS 3 QUE EU TENHO! BLOCO COM 3 LONGARINAS E RABETA COM FINAL EM MADEIRA, TRIQUILHA, AMARELA COM DUAS FAIXAS VERMELHAS, LAMINAÇÃO RESISTENTE, UM SHOW! UM GRANDE ABRAÇO,
MARCOS MORISSON

Rogerio Martin disse...

Aloha Mario, Vi a oficina nos seus primordios na barra, Tive uma 6,2 swallow azul, resina pigmentada com frisos pintados a mão brancos, quilha de madeira, single fin, depois substituida por uma de fibra, pois o furo na quilha para prender o strep que era de elastico, apodreceu a primeira quilha. Isso em 76...Depois em 78 tive uma 6,0 wing swalow, meio fish meio twin, com a pintura amarela no meio com faixas verticais vermelhas imitando Dane Kealoha.

Aloha